BANCO DA CULTURA

É uma iniciativa de criar um banco solidário na área cultural. O Banco da Cultura será um banco social, baseado na plataforma do e-dinheiro, com objetivo de fomentar práticas solidárias e sustentáveis entre trabalhadores culturais. Com a mentoria do Banco Palmas (CE), precursor dos bancos solidários no Brasil.


PARA QUEM?
•artistas e trabalhadores da cultura;
•rede de empreendedores sociais;
•realizadores que prezam pelo trabalho em rede;
•gestores de equipamentos culturais;
•comerciantes que são apoiadores de projetos culturais.


PARA QUE?


•Para criar um fundo monetário que articule iniciativas de impacto cultural, social e ambiental,
•pelo uso da plataforma E-Dinheiro em transações monetárias,
.Pelo fortalecimento de uma rede de trabalhadores, investidores, comerciantes, gestores e consumidores de cultura
. pela circulação e percepção de valor para além do financeiro
•por uma nova relação com o meio ambiente;
•pelo consumo consciente;


COMO?
Abra a sua conta no E-DINHEIRO - www.e-dinheiro.net.br e assim colabore para mobilizar capital para impacto sociocultural positivo, pois com isso estará articulando um circuito de produtores (teatros, circos, bares, livrarias, centros culturais e demais interessados em arte e cultura), investidores e consumidores sociais (público em geral), para iniciar transações de compra e venda através da plataforma do e-dinheiro.
A partir das taxas geradas pelas operações bancárias (2%), o banco promoverá a criação de um fundo (1%), com gestão de uma curadoria colaborativa e coletiva, comprometida com a transparência, com a apresentação de mecanismos acessíveis e de fácil entendimento. O lucro obtido pelo banco (1%) das operações, é revertido em forma de crédito (a juros zero), para indivíduos e coletivos desenvolverem seus projetos.
O objetivo principal do fundo é desenvolver a Economia Solidária entre fazedores de cultura, dar suporte, realizar e mediar projetos que combinem ações locais, meio ambiente, arte, festa, cultura, formação e política.
Quanto mais utilizarmos o aplicativo do E-dinheiro, mais rendimentos são direcionados para as ações socio-culturais do Banco da Cultura.
Lembre-se "A MANEIRA COMO CONSUMIMOS DEFINE O TIPO DE SOCIEDADE QUE QUEREMOS CONSTRUIR".


BENEFÍCIOS
•Taxas reduzidas nas transações do E-dinheiro (2%) e revertidas para a manutenção da Rede (1%) e do Fundo Cultural (1%);
•Curadoria coletiva para seleção de pequenos projetos;
•Selo Banco da Cultura - rede fidelizada;
•Operações simplificadas pelo celular;
•Liquidez nas operações;
•Estar associado ao consumo consciente, ético e responsável.


PARA SABER MAIS:


E-mail: fundodacultura@gmail.com

Nenhum comentário: