terça-feira, 15 de outubro de 2013

RIO É RUA!


A última edição do Anjos do Picadeiro foi marcada pela decisão que daríamos uma pausa em nosso encontro, provaríamos a morte para ganhar forças e gás para recriar uma nova forma de seguir em nossas utopias. Mas, como o tempo é quântico, já nos emprenhamos de novas motivações e desafios para propor a realização do Anjos 12, neste ano de 2013.  

Revendo a história do próprio Anjos do Picadeiro nos demos conta do nosso sentimento de responsabilidade por estarmos há quase duas décadas questionando e promovendo transformações subjetivas e sociais com atitudes e discursos que sempre nos moveram para uma “palhaçada levada a sério”. Questionamentos como “O palhaço e a construção de uma sociedade mais justa”, “Da aldeia à diversidade do riso”, “Quem paga o Pato?”, “Voltas que o mundo dá!”, “Rio pra Quem?”, agora em 2013, “Rio é Rua?” são levados ao espaço público e às redes sociais por meio da palhaçaria e da comicidade em diálogo direto com “o agora”, com a cidade, com as pessoas e com o mundo.

O Anjos do Picadeiro se converteu numa grande escola aberta, que construiu uma rede de artistas que se utilizaram de praças, de ruas e dos lugares mais inusitados para fazer rir, rir de nós mesmos, construir e desconstruir pensamentos sobre o riso. Contudo, o mais importante é tirar daí o sustento físico, financeiro, mental, emocional, psicológico e até mesmo espiritual para os devotos da clownaria, além de produzir saberes calcados no encontro, pois a generosidade intelectual e o afeto são os alicerces fundamentais desta construção.

O momento é de profundas mudanças mundiais: mudança na postura dos cidadãos, mudança no diálogo entre sociedade e governo, mudanças econômicas sensíveis, mudanças no uso do espaço público, mudanças de intensidade, dos tamanhos dos desejos e da ressignificação das relações de representatividade e responsabilidades individuais.

Há muito nos inquieta a perspectiva de construir coletivamente um encontro autossustentável, no qual seus atores sejam os responsáveis por manter de pé esse espaço-tempo tão desejado pelos quatro cantos do mundo. Por isso, o encontro de 2013 só será possível a partir da destruição radical da sensação de fetiche de estar no Anjos do Picadeiro!

Nesta edição não serão convidados espetáculos. Serão bem-vindas as experiências capazes de gerar encontro, trocas e assim construir uma nova experiência. Convocamos as pessoas que queiram participar efetivamente desta utopia, e que neste ano cada participante, parceiro e sócio desta jornada seja o Patrocinador Máster da edição.

O formato do Anjos do Picadeiro 12 se dará a partir da realização de diferentes ações formativas, cujos resultados serão aplicados na criação das alas da Palhaceata, nas Rodas de Rua e nos Cabarés de Variedades. Sob o conceito da generosidade intelectual, mestres da palhaçaria conduzirão oficinas-montagem, direção de grupos e artistas, intercâmbios de coletivos em uma troca direta e profunda de seus métodos de trabalho. Para marcar este momento de mudança, lançamos pela primeira vez uma convocatória para inscrição dos participantes, que poderão integrar a grade de programação de diversas formas.

Definitivamente não temos mais tempo a perder. Estaremos juntos recebendo as mais diversas autoridades do mundo da palhaçaria, em vigília durante dias e noites, horas, minutos e segundos ininterruptos, rindo e fazendo rir. E nas entrelinhas dos nossos sorrisos estará explícito o nosso desejo de liberdade.

Confira e participe!

Veja o edital:

3 comentários:

ana disse...

Que ideia incrível!Arrasaram!
Não tá dando para abrir o edital...

Teatro de Anônimo disse...

Ana,
O edital está disponível no ícone EDITAL ANJOS DO PICADEIRO 12. Caso tenha dificuldade em acessar mande um e-mail para anonimo@teatrodeanonimo.com.br

t.diógenes disse...

que coisa mais linda! essa superação nos dá forças pra continuar. mesmo sem ser/ter/encontrar [?...!! :P] palhaço, quero fazer parte disso. já sou parte disso.
que trabalho lindo, irmãos!
muito amor e axé!