domingo, 11 de dezembro de 2011

A noite da virilha cavada - 10/12

Hoje não foi o melhor dos dias para os cabarés do Pavilhão Teatro de Anônimo. Depois do engraçadíssimo espetáculo de improviso Jogando no Quintal, qualquer atração que o procedesse sofreria com as naturais altas expectativas.

A noite da virilha cavada contou com alguns números interessantes, mas no geral não conseguiu animar muito o público. Serviu mais para a homenagem ao aniversário do Anjos do Picadeiro e pela confraternização de fim de noite. E confesso que tenho minhas dúvidas se atirar comida no público é uma ideia tão boa assim. Leo Bassi teve pelo menos a cortesia de oferecer um plástico para as vítimas.

Nenhum comentário: