sábado, 10 de dezembro de 2011

ENTERRO DO BONDE - EXTRA, EXTRA!


Por: Sandra Nunes
HOJE (sábado) as 12h os palhaços do Anjos do Picadeiro farão um enterro simbólico do bonde de Santa Teresa nos Arcos da Lapa. Presença confirmada do Leo Bassi e do cantor francês Manu Chao, dentre outros. Esperamos todos.

Belo programa para o Dia Nacional dos Palhaços e dos Direitos Humanos!


"Senhoras e Senhores,

Em nome de todos os palhaços participantes da décima edição do Anjos do Picadeiro, reunidos nos Arcos da Lapa hoje, 10 de dezembro de 2011, dia do palhaço e dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, declaramos:

1 – Que para estabelecer uma ordem de prioridade justa e baseada em valores verdadeiros que garantam a qualidade de vida de uma cidade dependemos, em grande parte, da inteligência dos que governam;

2 – Que para nós, palhaços, tudo o que favorece o humano nas relações sociais é a simplicidade nos privilégios da poesia e do imaginário, o que se sobrepõe a uma lógica simplesmente capitalista. O mais crucial e importante, aqui, é a preservação de uma memória histórica e artística na cultura brasileira.

3 – Que o bonde representa a união perfeita de todos os princípios acima citados e, portanto, merece um olhar atencioso das autoridades para que o Rio de Janeiro e o bairro de Santa Teresa voltem a ter um dos seus símbolos mais amados.

Uma observação:
Se existe uma forma de solucionar o problema do bonde sem que se movimente um projeto milionário com uma empresa estrangeira, pedimos aos responsáveis, sem contestar o mérito dessa negociação, que conciliem todas as possibilidades antes da tomada de uma decisão, para não excluir opções menos espetaculares e custosas.
Tal negociação deveria garantir a segurança dos passageiros como prioridade em relação a um contrato de imagem, interesses e prestígios duvidosos.

Por: Sandra Nunes
DECLARAMOS, então, O BONDE DE SANTA TERESA COMO PATRIMÔNIO UNIVERSAL DOS PALHAÇOS!!!

Aproveitando esta ação, queremos fazer uma homenagem ao bonde e formalizar nossos sentimentos às vitimas e familiares do trágico acidente ocorrido neste ano. Em particular, ao maquinista Nelson Correia da Silva.
Nós palhaços dedicamos este ato ao seu trabalho e ao seu profissionalismo e recordarmos aqui quão humana era sua relação com os passageiros. Para nós, usuários do bonde, o que se destacava em Nelson era seu senso de humor e alegria, o que implica o diferencial emotivo de seu trabalho.
Nelson era um homem alegre e para nós, palhaços, esse é um princípio fundamental para a vida!
Diante da dor que essa fatalidade causou em nossa cidade, iniciamos aqui uma campanha de contribuições para a confecção de uma placa de honra feita em bronze a ser fixada no local do acidente, o que representará a verdadeira memória de Nelson Correia da Silva e os sentimentos às vítimas do acidente.

Rio de Janeiro, 10 de dezembro de 2011."

Nenhum comentário: