sexta-feira, 27 de novembro de 2009

acontecendo

nossa, o anjos em Floripa está muito bacana! a programação tem respiro, dá para conversar entre um espetáculo e outro, a organização está de parabéns!

Vou postando coisas aos poucos porque é muita coisa mesmo, e cada espetáculo merece uma palavra a parte.

Quarta-feira teve Julie Goel, com Carmem a Mópera. Segundo a própria Julie (que foi entrevistada hoje), houve um certo delay no tempo das piadas do espetáculo, devido a uma quebra do ritmo que acontecia porque ela precisava falar em portugues (e a moça é americana...). sim, o ritmo é algo fundamental na comédia, mas também nao dá para confundir energia com ritmo, porque tem gente que acelera tanto que ninguem entende nada... de qualquer modo, ficou isso da questao tempo e gag, uma relação fundamental.

Na quinta assisti o palhaço Bem que agradou muito com suas habilidades malabarísticas e seu sotaque todo gaúcho; e depois o Alexandre Coelho, um espanhol engraçado, com um tempo lento e uma galinha de verdade em cena. O espetáculo muito simples, mas executado com confiança e leveza.

À noite, El Viaje de Oscar Zimmerman, um palhaço chileno que dá a volta ao mundo na nossa frente, ele e algumas malas contendo instrumentos, que vao formando as imagens dos lugares por onde ele passa. nova york, italia... e vai, vai indo e vai nos levando junto!

Ainda Cancionero Rojo, de uma dupla argentina totalmente absurda. os dois com maletas pretas onde desenhavam com giz produzindo uma iconografia de quadrinhos simples, eficiente e surpreendente. mais adiante escreverei mais sobre este espetáculo que de fato me marcou profundamente.

E por fim da quinta-feira, um cabaré: feito pelos locais da Ilha: os manezinhos, coisa mais fofa a dona Bilica apresentando naquele jeito inadequado marcante, sotaque da ilha rapidim... e os artistas intensos, ácidos, malandros e muito cômicos. show para todo mundo.

A cerveja estava garantida pelo bar, e a festa pelas incriveis pessoas que fazem deste encontro um salão de baile para cada um de nós.


Juliana Dorneles

Nenhum comentário: