terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Biriba

Saindo da Lona, adentrei o teatro Vila Velha, Biriba já estava no ar! Sentei e comecei a viajar... e tudo foi ressurgindo em minhas lembranças. Minhas memórias de um tempo remoto.
Biriba apresentou um espetáculo com histórias engraçadas e educativas, fantásticas!!! Algumas delas, histórias que nós conhecemos quando éramos crianças, quando éramos artistas puros e livres de tantas pressões e obrigações do dia a dia. Numa releitura de clássicos, a maestria de Biriba e sua trupe da alegria contagiaram o teatro Vila Velha na noite do Overdoze. Com muitas brincadeiras e improvisos, o Biriba desenvolveu o seu jeito de fazer a cena acontecer, isso reflete o excelente profissional que é.
Natural e espontâneo, o Biriba apresentou diversos números e inúmeras piadas, muitas histórias engraçadas. Em destaque, apresentou o número da orquestra e máquina de escrever e finalizou a sua performance com um belo discurso, falando da alegria e importância de ser palhaço.
Ao final fez questão de retirar a sua maquiagem no palco em homenagem ao grande Pinduca, o homenageado do Anjos do Picadeiro 6. O mestre Biriba finalizou o espetáculo com forte sentimento de alegria, simplicidade e esperança de novos grandes momentos. Um excelente palhaço! Foi um prazer conhecê-lo.
Ao final da apresentação do Biriba, entre uma gelada e outra e os pequenos e estratégicos atrasos de programação, o teatro foi sendo preparado para a noite do Espetáculo de gala com direção de Leris Colombaioni.

Juracy do Amor

Nenhum comentário: